vila indiana

corredores sem tamanhos
ideais pra circulação
tampouco cores
que recebam o sentir
ao esticar a perna
no sofá da sala
depois de um dia cansativo.

tampouco cores
e paredes
delimitando o que é
sala e o que não é
fizeram todas
as réguas
e regras
quebrarem-se sozinhas
quando o sentir
da segurança de lar
foi muito mais além
que medições mínimas
e leis da gestalt.

nessas paredes quebradas
e nesses olhos embriagados
e vermelhos que disseram
“a vila precisa de vocês”
se traduziu um horrível:
a cidade não foi feita pra pobre.

vila indiana - tijuca, rj

vila indiana – tijuca, rj

(impressões sobre a vila indiana, sobre o enea rio e sobre a sensação que fica depois)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s